Domingo, 18 de Abril de 2021

Notícias

Sábado, 06 de Fevereiro de 2021 08:23

UFMT lança programa de desenvolvimento e destina 600 chromebooks que serão usados durante ensino remoto

O plano de ações congrega investimentos nas áreas de segurança, de infraestrutura, de sustentabilidade, de tecnologia e inovação e de inclusão social.

A Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) lança o Programa UFMT “Construindo o futuro”, na próxima semana. O plano de ações congrega investimentos nas áreas de segurança, de infraestrutura, de sustentabilidade, de tecnologia e inovação e de inclusão social. Nesta segunda-feira (8), acontecerá a primeira atividade com a entrega simbólica de chromebooks, destinados a utilização durante o ensino remoto, nos quatro Câmpus.

Para auxiliar os estudantes que ainda permanecem em estudo remoto, a UFMT, a partir de demanda da Pró-reitoria de Assistência Estudantil (Prae), adquiriu 600 chromebooks. Os equipamentos serão emprestados aos estudantes de todos os Câmpus, a partir de chamada específica.

“Os produtos já foram recebidos e estão sendo testados para serem entregues em perfeitas condições”, sinaliza o reitor da Universidade, professor Evandro Soares da Silva, acrescentando que a iniciativa engloba uma ação de inclusão social maior, que objetiva garantir o estudante plena acessibilidade ao ensino superior.

Ainda para auxiliar os estudantes, a UFMT fez a aquisição das plataformas de biblioteca digital da Pearson, a maior editora de livros do mundo, e da Minha Biblioteca, plataforma digital de livros que congrega o acervo de 15 editoras acadêmicas do Brasil e 38 selos editoriais, para que a comunidade acadêmica tenha acesso pela internet.

 

“Prevemos, ainda, serviços de estruturação de rede lógica, a aquisição de switches, de licenças de programas, como o Deep Freeze e Adobe Creative Cloud e aquisição de outros equipamentos, ainda para empréstimo de alunos. Com esse incremento, a UFMT mostra que continua a perseguir a excelência no ensino, na pesquisa e na extensão”, afirmou.

Segundo o reitor, é importante assegurar condições de trabalho aos servidores e de estudo aos discentes

“A dedicação dos gestores que finalizaram o ano passado, garantindo uma transição segura aos que estão iniciando os trabalhos frente às pró-reitorias e secretarias desta atual gestão, foi imprescindível para que os trâmites legais fossem concluídos com êxito e que pudéssemos dar início a essa série de ações que impactarão a UFMT como um todo”, assegura ele, acrescentando que as ações englobam os Câmpus do Araguaia, de Cuiabá e de Sinop.

“Para além do sentido que estas ações apontam, é importante salientar que construir o futuro da UFMT passa, também, pelo cuidado ativo com a comunidade acadêmica, oferecendo plenas condições de trabalho aos servidores e de estudo aos discentes, tão logo seja possível a retomada das atividades presenciais, e com o passivo, que é garantir, dentro de nossas possibilidades, a segurança sanitária de todos durante a pandemia”, enfatiza o reitor. “Outro ponto importante é que todas as ações a serem desenvolvidas se pautarão pela transparência, ou seja, clareza na prestação das informações necessárias, seja aos órgãos de controle, seja à sociedade”, prossegue.

 

Segurança e sustentabilidade

 

 Reitor da UFMT, professor Evandro Soares da Silva — Foto: Willian Gomes - UFMT

Reitor da UFMT, professor Evandro Soares da Silva — Foto: Willian Gomes - UFMT

Fonte: G1

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}