Sábado, 06 de Março de 2021

Notícias

Terça-Feira, 16 de Fevereiro de 2021 09:24

Sorriso: polícia apura se retirada de soja avaliada em R$ 1 milhão teria ligação com disputa por posse de fazenda

O delegado de Polícia Civil, Márcio Portela, afirmou que uma disputa por reintegração de posse pode estar ligada à denúncia de furto em uma fazenda, na região da comunidade Caravaggio, a cerca de 60 quilômetros do centro de Sorriso onde foram colhidos 84 hectares de soja e levados para um local ainda incerto. A estimativa é que foram 5.880 sacas tenham sido levadas e o valor de mercado seria de aproximadamente R$ 1 milhão.

“As investigações estão no sentido de uma possibilidade de um desacordo, uma briga em relação à própria propriedade. O suspeito é quem plantou. Existem elementos que podem indicar que o suspeito seria quem efetivamente plantou a soja”, apontou o delegado.

Portela emendou que “assim que tomamos conhecimento do furto, inicialmente falou que seria das sacas, mas o que ocorreu é que foi feito a colheita da soja. Inicialmente não foi preso ninguém em flagrante, mas existe uma discussão sobre a pose da terra. Existe um processo judicial que a vítima no ano de 2020 teve a posse. Quando entrou, essa soja já estava plantada no local”.

Ao Só Notícias, o advogado e procurador da propriedade Hélio Silva Maldonato, disse, anteriormente, que “entraram à noite e utilizaram os próprios maquinários. “Essa é uma área um pouco afastada, que não tem vigilância. No outro dia, quando houve verificação da lavoura, foi detectado o furto”, acusa.

Só Notícias/David Murba/ Lucas Torres, de Sorriso (foto: Só Notícias/arquivo)

Fonte: Portal Sorriso

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}