Quinta-Feira, 23 de Maio de 2024

Notícias

Sexta-Feira, 27 de Outubro de 2023 15:24

Sorriso: Leitos de UTI do Hospital Regional podem ser fechados por falta de profissionais e atrasos de pagamento

Damiani explica que a falta de nefrologista e atrasos nos pagamentos estão entre os motivos

 

 

O vereador Leandro Damiani denunciou, em entrevista coletiva concedida nesta sexta-feira (27), que muitos serviços do Hospital Regional de Sorriso (HRS) estão paralisados por falta de pagamento. De acordo com o parlamentar, o hospital, que atende 15 municípios do Estado, poderá ter as Unidades de Terapias Intensivas (UTI) fechadas por falta da contratação de alguns serviços especializados. 

 

 

“O Hospital Regional está sem contrato com o serviço de nefrologia, por isso, na tarde de ontem (26), a equipe responsável pela UTI adulto protocolou um aviso de paralização e fechamento dos leitos. Os pacientes com problemas renais graves que estão na UTI e necessitam de hemodiálise não contam mais com esse tratamento, que é um dos pré-requisitos para o funcionamento da unidade intensiva”, explica o vereador.

 

 

Ainda segundo o parlamentar, internamente, a diretoria do HRS fez um acordo para que os profissionais não paralisem as funções de imediato e aguardem até que o Estado resolva essa questão.  

 

 

“Há 60 dias o HRS não está recebendo crianças porque não há contrato com serviços de pediatria, assim como não há neurocirurgião, vascular e nefrologista. O Estado precisa resolver essa situação com urgência, pois dinheiro em caixa para pagar os profissionais sabemos que tem”, enfatiza. 

 

 

Damiani ressalta que o Estado está com R$ 12 bilhões em caixa. Destes, R$ 4 bilhões estão livres, sem vinculação com qualquer despesa, podendo ser utilizado para pagar os profissionais que estão com os vencimentos em atraso há quatro  meses e renovar os contratos vencimentos para que não falte profissionais na unidade de saúde.

 

 

 

 

Fonte: Assessoria

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}