Terça-Feira, 18 de Junho de 2024

Notícias

Quarta-Feira, 05 de Abril de 2023 19:24

Sorriso: Hospital Regional é notificado por problemas na estrutura do prédio e sobrecarga dos profissionais de saúde

O Hospital Regional de Sorriso, no norte do estado, foi notificado pelo Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso (Coren-MT) e pelo Sindicato dos Servidores Públicos da Saúde de Mato Grosso (Sisma-MT), nessa terça-feira (4), devido às condições de trabalho e estrutura do local.

g1 entrou em contato com a Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), responsável pela administração do hospital, mas não obteve retorno até esta publicação.

Durante vistoria na unidade nesta semana, o Conselho fiscalizou questões relativas ao exercício profissional na enfermagem e o Sindicato sobre as condições de trabalho e estruturais do hospital. Nos dois casos foram encontradas irregularidades, segundo as equipes.

O relatório apontou que o Hospital Regional possui 150 leitos e apenas 46 enfermeiros e 123 técnicos para prestar assistência aos pacientes de alta complexidade de trauma, pediatria e materno infantil de 17 municípios da região.

Em alguns setores, segundo o Coren-MT, não havia enfermeiro responsável e a quantidade de técnicos era insuficiente diante da quantidade de pessoas internadas.

Já o Sisma/MT apontou que a carga horária dos profissionais não estava sendo cumprida de acordo com o contrato e que não há pagamento de horas extras. Os profissionais compensam o excedente trabalhado com banco de horas.

Em relação à estrutura, segundo o sindicato, foram encontrados vazamentos, goteiras e rachaduras no prédio, inclusive no centro cirúrgico.

O hospital tem sido notificado pelo Coren-MT desde 2021 por causa do subdimensionamento que tem provocado excesso de carga horária dos trabalhadores para prestar o cuidado aos pacientes internados.

Há ainda uma ação civil pública em andamento que foi apresentada à Justiça, mas os problemas apontados não foram resolvidos.

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}