Segunda-Feira, 15 de Julho de 2024

Notícias

Quinta-Feira, 18 de Janeiro de 2024 08:22

Sorriso: Curso de imersão prepara SAMU para atendimentos emergenciais

Além do curso de nivelamento, profissionais também vivenciarão a prática do trabalho

Preparação. Integração. Vivência. A equipe que vai compor o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, o Samu, que entra em operação no mês que vem em Sorriso, está participando do curso de imersão em atendimento pré-hospitalar.

A formação está sendo realizada na Faculdade Atenas e conta com apoio direto do Corpo de Bombeiros Militar. Ao todo, 24 profissionais fazem parte do time do Samu, sendo oito condutores, oito enfermeiros, quatro médicos e quatro técnicos de enfermagem.

De acordo com o comandante da 10ª Companhia Independente Bombeiro Militar (CIBM) de Sorriso, o capitão BM Daniel Alves, o curso está sendo ministrado por dois bombeiros militares de Sorriso, dois de Sinop e dois profissionais de saúde que também atuam na cidade vizinha.

Segundo o comandante, entre os temas a serem discorridos, estão: abordagem em acidentes com urgência e emergência, com traumas, hemorragias e emergências clínicas; estabilização, classificação e regulação de vítimas. Os chamados para atendimento serão concentrados no 192 e a base para a unidade será nos fundos do AME, o Ambulatório Multiprofissional em Especialidades.

A programação, que começou hoje (17), segue até sexta-feira (19) em Sorriso e, na sequência, os profissionais também conhecerão, na prática, a rotina do trabalho realizado pelo Samu de Cuiabá. Divididos em duas equipes, os profissionais passarão dois dias na capital do Estado. A primeira turma segue já na segunda e na terça-feira (22 e 23); e, a segunda, nos dias 29 e 30.

Para o secretário de Saúde e Saneamento (Semsas) de Sorriso, a operacionalização do Samu vai fortalecer e dinamizar o trabalho que já é realizado no Município. “Além do resgate, a implantação do Samu também vai permitir a estabilização da vítima no local do acidente ou onde ela tenha ‘passado mal’, e, aí, entra uma mudança de paradigma, visto que, muitas vezes, será necessário um tempo maior de atendimento neste local, em detrimento da ‘pressa´em chegar na unidade hospitalar”.

O comandante dos Bombeiros acrescenta ainda que, em muitas situações, não será necessário nem mesmo encaminhar a vítima para atendimento médico, já que, dependendo da situação, o médico da equipe poderá medicar a pessoa no próprio local.

“Nossa gratidão ao prefeito Ari Lafin e a todos os demais responsáveis pela concretização deste sonho, que vai melhorar o atendimento em saúde para nossa população, especialmente nos momentos mais cruciais”, reforça Luís Fábio.    

Fonte: Assessoria

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}