Terça-Feira, 18 de Junho de 2024

Notícias

Terça-Feira, 04 de Abril de 2023 19:04

Sorriso: Com denúncia da OAB, Procon multa Santander em mais de R$ 1,5 milhão

Banco restringia acesso a hipervulneráveis, como aposentados e pensionistas

Por meio de uma reunião virtual entre representantes do Procon, da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e do Banco Santander, foi discutida, na manhã desta segunda-feira (3 de abril), a necessidade de melhorias no atendimento da agência bancária em Sorriso.

Vamos entender? Então, por meio de uma denúncia oficial, a OAB de Sorriso afirmou que o banco estaria restringindo o horário de atendimento aos aposentados e pensionistas para saque de seus benefícios. Diretor do Procon, o advogado Robson de Moura explicou que, a partir da denúncia feita, a equipe foi a campo, fiscalizou e constatou que a denúncia estava correta.

“É num momento como este, muito bem representada e utilizando da legalidade, que vemos a sua imponente importância [da OAB] no meio social”, destacou o diretor, complementando que “ após sermos provocados pela denúncia, constatamos a má prestação do serviço aos hipervulneráveis pela fornecedora bancária, aplicando-lhes sanção de multa”.

A multa foi arbitrada em R$ 1.584,216,67, no entanto, a instituição bancária se comprometeu a corrigir a situação, o que também será verificado pela equipe do Procon. “A partir disso, durante o julgamento da situação, a sanção de multa poderá ser minorada, mantida ou cancelada, e ainda poderão ser expedidas determinações pela autoridade de direito do consumidor”, explicou Moura.

O presidente da OAB, Fernando Mascarello, destacou, via redes sociais, que “ foi muito produtiva a reunião de hoje com Procon e Santander a respeito do atendimento dos aposentados e pensionistas”, acrescentando que “o comprometimento foi de não restringir o horário e, também, melhorar o tempo de atendimento”.

Fonte: ASSESSORIA

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}