Quarta-Feira, 29 de Maio de 2024

Notícias

Sexta-Feira, 27 de Outubro de 2023 10:54

Sorriso: Caminhoneiro é condenado por homicídio em acidente que matou mulher atropelada na BR-163

A Justiça condenou o caminhoneiro envolvido no acidente que causou a morte de Ivone Rosa Cordeiro, de 44 anos na época.

 

 

O acidente ocorreu em janeiro de 2019, na BR-163, Ivone estava com o pai em uma motocicleta Yamaha Crypton, quando tentavam fazer uma conversão na BR-163, saída para Lucas do Rio Verde, próximo ao Posto Redentor, quando foram atingidos pela carreta. O pai de Ivone teve ferimentos leves, mas ela ficou gravemente ferida.

 

 

O motorista foi denunciado por homicídio culposo cometido na direção de veículo automotor, crime previsto no Código de Trânsito Brasileiro. Ao estabelecer a condenação, a juíza Emanuelle Chiaradia Navarro Mano destacou que o acidente ocorreu por erro grosseiro do condutor.

 

 

A juíza estabeleceu uma pena de dois anos e seis meses de detenção em regime aberto e suspensão da CNH por três meses. Mas, como o réu preenchia os requisitos, a pena restritiva de liberdade foi substituída por duas restritivas de direito, que ainda serão definidos pela Vara de Execução Penal.

 

 

Ivone foi sepultada em Sorriso. Ela chegou a ser socorrida, encaminhada para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), onde passou por cirurgia. No entanto, não resistiu aos ferimentos e morreu no Hospital Regional de Sorriso.

 

 

O motorista da carreta não parou para prestar socorro, mas as imagens das câmeras de segurança de transportadoras que ficam localizadas nas proximidades de onde ocorreu o acidente ajudaram a polícia localizá-lo. Por meio da documentação de autorização de carregamento também foi possível identificar o motorista, que foi preso na manhã de sábado (26) em um armazém quando aguardava para carregar.

 

 


À polícia, o motorista alegou que não viu nada no momento do atropelamento, no entanto, câmeras de segurança registram o momento do acidente e mostra que a carreta está parada, logo atrás da moto, em que as vítimas estavam, quando de repente, Edvaldo ignorou o veículo, acelerou e atropelou pai e filha.

 

 

 

 

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}