Segunda-Feira, 15 de Julho de 2024

Notícias

Quarta-Feira, 24 de Abril de 2024 13:57

Sorriso: Audiência de assassino estuprador, que matou mãe e 3 filhas, é adiada para maio

A primeira audiência do caso que vitimou brutalmente Cleci Calvi Cardoso, de 46 anos, e suas filhas, Miliane, de 19 anos, Manuela, de 13 anos, e Melissa, de 10 anos, em Sorriso, no dia 27 de novembro de 2023, foi adiada para o início de maio. O crime chocou a comunidade e mobilizou as autoridades locais.

Inicialmente, a sessão estava marcada para terça-feira (23 de abril), mas foi remarcada em razão de conflitos na agenda do defensor público designado para defender Gilberto dos Anjos, acusado de assassinar as quatro mulheres.

Segundo o advogado Conrado Pavelski, que acompanha o marido de Cleci e pai das vítimas no caso, o defensor público de Sorriso precisou comparecer a uma audiência em Sinop envolvendo outros réus presos desde 2023, inviabilizando sua participação no caso Calvi Cardoso na data prevista.

Investigações apontam crime premeditado

As investigações indicam que Gilberto dos Anjos, que trabalhava em uma obra próxima à residência da família, invadiu a casa com a intenção de estuprar Cleci. O modus operandi se assemelha ao de outro crime cometido pelo acusado na cidade vizinha de Lucas do Rio Verde, onde a vítima conseguiu sobreviver.

Atualmente, Gilberto dos Anjos está preso na Penitenciária Central do Estado (PCE), em Cuiabá, para garantir sua segurança. A nova data da audiência ainda não foi definida, mas espera-se que o caso tenha andamento célere para que a justiça seja feita às vítimas e seus familiares.

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}