Quarta-Feira, 29 de Maio de 2024

Notícias

Segunda-Feira, 23 de Outubro de 2023 10:44

Sorriso: 160 cirurgias de catarata foram realizadas pela saúde nesse final de semana

Agenda da Saúde contou com mutirão de cirurgias de catarata e palestras orientativas

 

 

Nesse fim de semana, 21 e 22 de outubro, rolou mais um mutirão do bem. Somente no sábado e domingo foram realizadas mais 160 cirurgias de  catarata pela equipe do Centro Mato-grossense de Oftalmologia (CMO) que está vindo regularmente ao Município para os procedimentos. E além da equipe do CMO, o Hospital Nossa Senhora de Fátima também vem realizando cirurgias oftalmológicas, inclusive, fechando o mês de outubro, no dia 29, outros 22 pacientes serão operados no Fátima.

 

 

Todos os pacientes integram a lista que começou a ser atendida ainda em setembro quando foram realizados 110 procedimentos. No total, desde o dia 1.º de janeiro até esta segunda,  dia 23 de outubro, já foram realizadas 569 cirurgias oftalmológicas, isso é, de catarata e pterígio.

 

 

E a previsão é realizar mais. A coordenadora da Central de Regulação do Município, Jéssica Toniazzo Lemos, explica que o Município vinha trabalhando desde o início do ano com uma lista com 700 procedimentos oftalmológicos que incluem cirurgias de catarata e de pterígio – nesse total já estão inclusos os pacientes que foram atendidos e voltaram a ver a vida sob um novo prisma. Para novembro, pontua Jéssica, terão início os mutirões de cirurgias de pterígio, fechando a lista dos 700 procedimentos.

 

 

“Nós contabilizamos por procedimentos porque geralmente a pessoa acaba tendo que operar ambos os olhos, sendo duas cirurgias; então, nesse caso o número de pacientes é menor”, explica.

 

 

O gestor da pasta de Saúde e Saneamento, Luis Fábio Marchioro, destaca que para a realização das cirurgias faltantes e as 569 já feitas, serão investidos mais de R$ 800 mil – R$ 836.000,00; em uma parceria Município/Estado por meio do Programa Fila Zero.

 

 

Luis Fábio ressalta que em 2017 havia pacientes aguardando por cerca de cinco até sete anos na fila pela realização de cirurgias de catarata. "Hoje poder anunciar que zeramos a fila foi muito emocionante, uma sensação indescritível porque estamos falando da saude de outra pessoa, da autonomia que enxergar direito possibilita", diz. O gestor aproveita para agradecer ao prefeito Ari Lafin  que anunciou durante o mutirão a aplicação de mais R$ 15 milhões em cirurgias gerais para 2023. Somente em 2023, até o momento o Município já aplicou mais de R$ 10 milhões na realização de cirurgias gerais. (Veja mais aqui).

 

 

E a porta de entrada para tudo isso, vale sempre lembrar, é o Programa de Saúde da Família (PSF). Diante de qualquer alteração, basta que o paciente procure o PSF mais próximo de onde reside; é no PSF com a avaliação médica que o paciente é encaminhado para o atendimento especializado e também para a realização de exames, acompanhamentos e, caso necessário, para cirurgias. “Hoje com 29 unidades de saúde nós temos 100% de cobertura em atenção primária no Município.  Precisou? Procure o PSF”, finaliza Marchioro.

 

 

E se você é um dos pacientes que está na lista de espera para cirurgias de catarata ou de pterígio, fique de olho no telefone, pois a equipe da Central pode entrar em contato para informações sobre seu agendamento. Outra dica importante é manter seu número de telefone e endereço atualizado, a ação é rápida e fácil e pode ser feita no PSF.

 

 

Agora se você conhece alguém ou é um paciente que aguarda por cirurgias oftalmológicas há mais de um ano é só entrar em contato pelo (66) 99978-8441 com a equipe da Central. “Muitas vezes ligamos e a pessoa não nos atende, então caso haja alguém aguardando, com encaminhamento de 2022, é só entrar em contato conosco de segunda a sexta, das 7 às 13 horas”, finaliza Jéssica.

 

 

Mais ações

 

 

O fim de semana das equipes da Saúde foi agitado. Além das cirurgias, outros profissionais realizaram palestra sobre o Outubro Rosa na empresa Irrigar. O evento foi no sábado, dia 21, e contou com muita interação por parte do público e informações repassadas pelo Serviço de Atendimento Especializado (SAE). A ação também integra as atividades do Centro Integrado de Educação e Saúde (CIES).

 

 

 

 

E por falar em orientação, os agentes de combate à endemias (ACEs) estiveram no projeto Bombeiros do Futuro. O foco da palestra com a criançada foi o perigo quase que invisível do Aedes aegypti e a importância de eliminar possíveis criadouros do mosquito. Por lá também rolou muita interação e troca de informação com a criançada!

 

 

 

 

 

Fonte: Assessoria

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}