Terça-Feira, 27 de Fevereiro de 2024

Notícias

Segunda-Feira, 18 de Setembro de 2023 13:57

Sinop: Dois médicos são indiciados por homicídio culposo pela morte de criança que foi liberada após dar entrada em UPA

Dois médicos foram indiciados por homicídio culposo pela morte de Manuella Tecchio, de 3 anos, após receber atendimento em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e ser liberada, em Sinop, a 503 km de Cuiabá. O caso ocorreu em março deste ano e a Polícia Civil concluiu o inquérito nesta semana,

 

 

 

A princípio, a vítima foi diagnosticada com tosse alérgica, mas, durante as investigações, a polícia pediu exumação do corpo para identificar uma possível negligência médica, imprudência no diagnóstico e até mesmo uma imperícia, mas o resultado do laudo não foi divulgado.

 

 

 

De acordo com o delegado Ugo Mendonça, 11 pessoas foram interrogadas durante a investigação.

 

 

 

O advogado de defesa dos médicos, Marcos Vinícius, disse que ainda não teve acesso ao documento e que deve se manifestar nessa terça-feira (19). A Prefeitura de Sinop disse que também não teve acesso ao inquérito.

 

 

 

“A gente sente vontade de fazer justiça por tudo que aconteceu com nossa filha. O inquérito está nas mãos do Ministério Público e a gente espera que os culpados sejam penalizados pelo que aconteceu. Não queremos que outras famílias passem pelo que nós passamos”, disse o pai de Manuella, Lucas Pootz.

 

 

 

Relembre o caso

 

 

 

Em março deste ano, A Prefeitura de Sinop, no norte do estado, afastou a médica responsável pelo atendimento a menina de 3 anos que morreu um dia após ser atendida em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e ser liberada com o diagnóstico de tosse alérgica. A identidade da profissional não foi divulgada.

 

 

 

O pai de Manoella Tecchio, Lucas Pootz, contou à TV Centro América que a filha apresentava sintomas gripais e no fim de semana passado apresentou uma tosse seca.

 

 

 

Segundo Lucas, a filha não melhorou e, na terça-feira, a família retornou com a criança na unidade de saúde. No novo atendimento, foi solicitado um raio-X, que apontou que o pulmão dela já estava comprometido.

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: G1MT

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}