Quarta-Feira, 29 de Maio de 2024

Notícias

Sexta-Feira, 23 de Junho de 2023 15:04

Nova Ubiratã: Prefeito e Secretários municipais participam do 1º Seminário AGELIDER/CIDESA de Cadeias Produtivas e Agroindústria Familiar

Na manhã desta quinta-feira (22), o Prefeito Municipal de Nova Ubiratã, Edegar José Bernardi, juntamente com os Secretários de Agricultura, Jefferson Moreira, de Governo, Francisco Souza, o Cartorário do 1º ofício, Bruno Becker, a Gerente do Sicoob, Kelly de Fátima, e o representante da EMPAER, Fábio Carrocini, estiveram participando do 1º Seminário de Cadeias Produtivas e Agroindústria Familiar, promovido pela AGELIDER/CIDESA, em parceria com a CDL Sorriso e Sebrae.

O evento foi realizado no auditório da CDL Sorriso, na qual contou com apresentação sobre o Plano de Ação da AGELIDER, pelo o Presidente da mesma, Ari Paulo Geller. Em seguida, o Presidente da CIDESA Miguel Vaz, apresentou o Plano de Ação da CIDESA, logo após, a Advogada e Consultora do Sebrae MT e CIDESA na implantação do SIM Consorciado, Viviane Macedo Garcia, falou sobre a Implantação do SIM Regional Consorciado. E por fim, Marcelo Rezende do Sebrae, realizou uma breve explanação acerca da Cadeia Leiteira: Redução de Custos de Produção e Soluções para Comercialização em Grupo.

Na ocasião, o Prefeito Municipal falou acerca da importância das pautas debatidas no Seminário, em especial, sobre a Implantação do SIM Regional Consorciado. “O seminário foi muito produtivo, tiveram pautas de suma importância para todos os municípios, e destaco, que com a implantação do selo SIM, poderemos fomentar a cadeia primitiva, tendo o produtor, seja pequeno, médio, ou grande, industrializar sua matéria-prima, em suas próprias propriedades, podendo comercializá-las nos 16 municípios que compõem o consórcio CIDESA, na qual essa comercialização será legalmente autorizada através do selo de inspeção SIM”, concluiu Edegar.

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}