Segunda-Feira, 20 de Maio de 2024

Notícias

Sábado, 09 de Setembro de 2023 11:08

Neymar ganha placa da CBF após superar marca de Pelé e afasta comparações: "Não sou o melhor"

A vitória por 5 a 1 sobre a Bolívia, no Mangueirão, pela primeira rodada das Eliminatórias Sul-Americanas da Copa Do Mundo de 2026, foi seguida por uma breve formalidade para celebrar Neymar, o maior artilheiro da história da seleção brasileira. Depois de colocar duas bolas nas redes bolivianas e alcançar a marca de 79 gols, superando os 77 de Pelé, o atacante de 31 anos recebeu de Ednaldo Rodrigues, presidente da CBF, uma placa em homenagem pelo feito.

 

 


“Estou muito feliz, estou sem palavras, jamais imaginei alcançar esse recorde. Não sou melhor que o Pelé ou qualquer outro jogador que passou pela Seleção. Eu sempre quis escrever o meu nome na história do futebol brasileiro e da Seleção Brasileira e hoje eu fiz isso. Agradeço à minha família e a todos os meus companheiros”, afirmou Neymar na sala de imprensa do Mangueirão.

 

 

O recorde foi batido de acordo com os critérios da Fifa, que considera apenas duelos com seleções e não computa gols em jogos contra clubes e combinados. Já a CBF conta esse tipo de partidas e contabiliza 95 gols para Pelé. A mensagem escrita na placa, assinada por Ednaldo Rodrigues, faz essa distinção.

 

 

“A Neymar Jr, maior artilheiro da Seleção Brasileira de todos os tempos em jogos contra seleções, o agradecimento da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Com seus gols, você tem levado alegria a milhões de brasileiros e torcedores pelo mundo.”

 

 


O atacante entrou em campo como autor de 77 gols pelo Brasil, empatado com Pelé. O 78º primeiro saiu aos 16 minutos do segundo tempo, quando ele ficou com a sobra dentro da área, após Rodrygo ser desarmado, e bateu firme no canto direito do goleiro. Já o 79º foi marcado nos acréscimos, em finalização de primeira após cruzamento de Danilo.

 

 


Neymar havia entrado em campo pela última vez em uma partida oficial no dia 19 de fevereiro, na vitória por 4 a 3 do Paris Saint-Germain contra o Lille, pelo Campeonato Francês, partida na qual sofreu uma lesão no tornozelo direito. Ele voltou a jogar no dia 3 de agosto, quando balançou as redes duas vezes na vitória do PSG por 3 a 0 sobre o Jeonbuk Motors, em amistoso de pré-temporada, antes de ser negociado com o Al-Hilal.
Vídeo relacionado: Neymar contraria Jesus no Brasil, marca dois à Bolívia e deixa Pelé para trás

 

 


Veja os 10 maiores artilheiros da seleção brasileira:
1º Neymar (79 gols em 125 jogos)
2º Pelé (77 gols em 91 jogos)
3º Ronaldo (62 gols em 98 jogos)
4º Romário (55 gols em 95 jogos)
5º Zico (48 gols em 71 jogos)
6º Bebeto (39 gols em 76 jogos)
7º Rivaldo (35 gols em 75 jogos)
8º Jairzinho (33 gols em 81 jogos)
9º Ronaldinho (33 gols em 97 jogos)
10º Ademir de Menezes (32 gols em 39 jogos) e Tostão (32 gols em 54 jogos)

 

 

 

 

Fonte: Estadão

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}