Quarta-Feira, 24 de Abril de 2024

Notícias

Quinta-Feira, 22 de Fevereiro de 2024 15:03

MT: Mulher encontrada morta com mordidas nos seios, estava grávida e teve pescoço quebrado; polícia procura ex-namorado

Janaína Ribeiro do Nascimento, de 31 anos, encontrada morta no quarto, aos fundos de um bar da cidade de Peixoto de Azevedo, no último domingo (18.02), estava grávida e teve o pescoço quebrado. Corpo tinha hematomas, sinais de mordidas e sangramento no ouvido. Polícia Civil decretou a prisão do ex-namorado dela.

Conforme a assessoria do órgão, o investigado foi identificado como Carlos Rangel Ferreira da Costa, de 48 anos. Laudo da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) apontou, de forma preliminar, que Janaína teve uma lesão na cervical após ter o pescoço quebrado.

Perícia também apontou que ela estava grávida – o período será revelado com o laudo finalizado. Porém, não há confirmação se investigado é o pai da criança.

Já a investigação da Delegacia de Peixoto apurou que Carlos teve uma briga com Janaína e a matou com as próprias mãos. Ela teve as boca e no nariz tampados, obstruindo as vias aéreas. Em luta corporal, Carlos quebrou o pescoço da vítima com a força física.

Foi descoberto ainda que depois do crime ele fugiu rumo ao Distrito de Castelo Sonhos, no Pará. Lá, ele comprou uma passagem para Altamira, mas desistiu de pegar o ônibus com medo de ser preso.

Investigadores buscam pelo feminicida e informações podem ser repassadas via 197 e 190.

Na segunda-feira (19.02) polícia foi acionada por volta das 14h30 para atender a ocorrência. Quando chegaram, encontraram a vítima no quarto, sem sinais vitais.  

Equipe médica foi acionada e confirmou a morte no local. Cena foi isolada para os trabalhos da Polícia Civil e Perícia Oficial (Politec). 

Corpo de Janaína tinha hematomas e sinais de mordidas próximo ao seio, além de um pequeno sangramento no ouvido esquerdo. As vestes estavam preservadas.  

 

Fonte: Assessoria

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}