Segunda-Feira, 15 de Julho de 2024

Notícias

Quinta-Feira, 28 de Setembro de 2023 08:55

MT: Cães e gatos morrem após registro de mais de 40°C durante onda de calor extremo

Dois filhotes de gatos e dois cães morreram por conta do calor excessivo neste último domingo (24) em Cuiabá. Os animais ficavam em uma chácara pertencente ao projeto Luta e União de Amigos para Animais em Risco (Lunaar).

 

 

A diretora do Lunaar, Carla Fahima, contou que muitos gatos da ong tem demonstrado dificuldades em decorrência das altas temperaturas. Carla relata que os felinos ficam a com língua para fora e, segundo ela, esse não é um comportamento típico dos gatos, demonstrando que estão ofegantes.

 

 

A diretora ainda disse que a mãe dos filhotes entrou em desespero no dia em que eles morreram e ficava procurando por eles na ong. Um dos cães chegou a ficar internado por desidratação, mas não resistiu e também faleceu.

 

 

A capital mato-grossense alcançou a maior temperatura do país no inverno deste ano com 41,8ºC, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), na última sexta-feira (22).

 

 

Com a ajuda de campanhas de doações, o Lunaar conseguiu comprar quatro climatizadores de ar nesta segunda-feira (25). O projeto segue pedindo ajuda da população para conseguir melhorar a estrutura do espaço onde os animais vivem.

 

 

Recomendações para os tutores

 

 

De acordo com o médico veterinário Jose Pereira Cordão, a hidratação é um dos pontos mais importantes nos cuidados com os animais durante períodos de calor intenso. Veja mais recomendações do profissional:

 

 

Evitar passeios em horários mais quentes e não exagerar nos exercícios

 

 

Nunca deixar o animal sozinho dentro do carro

 

 

Caso haja sinais de cansaço, levar o animal para um local fresco e ventilado

 

 

Redobrar os cuidados com animais que estão com sobrepeso, cardiopatas e com problemas respiratórios

 

 

Aumentar a frequência de banho

 

 

Manter os animais que possuem pelos altos sempre tosados

 

 

Segundo Jose, quando os animais são expostos ao calor extremo, a temperatura corporal do corpo se eleva e isso altera a funcionalidade dos órgãos, podendo ocasionar morte.

 

 

Entenda a nova onda de calor

 

 

A atuação de um bloqueio atmosférico e áreas de baixa pressão térmica na Argentina impedirá o avanço de frentes frias pelo país nos próximos dias, com exceção do estado do Rio Grande do Sul.

 

 

Isso resultará em uma longa sequência de dias ensolarados e temperaturas acima do normal para esta época do ano na maior parte do país.

 

 

O calor será persistente e intenso, especialmente em áreas como o interior de Santa Catarina, o estado do Paraná, grande parte da Região Sudeste, o Centro-Oeste, o interior do Nordeste e em estados como Rondônia, Tocantins.

 

 

Áreas do centro-sul do Pará e centro-leste do Amazonas também serão afetadas.

 

 

 

 

Fonte: G1MT

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}