Segunda-Feira, 08 de Março de 2021

Notícias

Segunda-Feira, 04 de Janeiro de 2021 10:16

Motorista bêbada passa com S10 por cima de família na Estrada da Guia

Rosimeire Leite da Silva, de 59 anos, estava dirigindo uma caminhonete S10 em alta velocidade, e não viu a motocicleta em que a família estava

Um casal e uma criança de aproximadamente 8 anos morreram na madrugada desta segunda-feira (04), após uma mulher que dirigia embriagada, bater na traseira da moto em que a família estava, na estrada da Guia, que liga Cuiabá ao distrito da Guia.

O homem foi identificado como Altino de Figueiredo, de 41 anos, a mulher como Sandra Ventura Pereira Figueiredo, de 40 anos e a criança Ana Luiza Pereira Figueiredo, de 8 anos.

De acordo com a Polícia Civil, Rosimeire Leite da Silva, 59 anos, estava dirigindo uma caminhonete Chevrolet S10 em alta velocidade. Ela não viu a motocicleta na pista e bateu na traseira do veículo.

Com o impacto, o casal e a criança foram arremessados a cerca de 300 metros. Os pais morreram na hora e a criança chegou a ser socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e foi encaminhada para uma unidade de saúde, mas não resistiu aos ferimentos.

A Polícia Militar chegou ao local e a condutora da caminhonete já havia sido encaminhada para o Hospital Municipal de Cuiabá com lesões leves. Os enfermeiros informaram que ela apresentava sinais de embriaguez.

Os militares foram até a unidade de saúde onde foi realizado o auto de constatação e a mulher foi encaminhada para a Central de Flagrantes de Cuiabá.

Os corpos do casal e da criança foram encaminhados para o IML (Instituto Médico Legal), que fará os exames de reconhecimento e constatará as causas da morte. Informações preliminares apontaram que Altino de Figueiredo sofreu afundamento de crânio e a mulher teve diversos ossos do corpo fraturados. 

A Polícia Civil investiga o acidente.

Fonte: REPORTER MT

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}