Terça-Feira, 27 de Fevereiro de 2024

Notícias

Segunda-Feira, 12 de Fevereiro de 2024 14:01

Mato Grosso tem a 2ª maior taxa de mortes em acidentes de trânsito no Brasil; Sorriso contabilizou 36 mortes em 2023

Dados do Ministério de Justiça e Segurança Pública registraram que Mato Grosso ocupa o segundo lugar entre as maiores taxas de mortes em acidente de trânsito, por 100 mil habitantes. No estado, 876 pessoas morreram em 2023. 

Segundo os dados, Mato Grosso registrou 23,94 óbitos por 100 mil habitantes. Isso representa duas fatalidades em acidentes de trânsito por dia.  

Somente em Cuiabá foi registrado 91 mortes. Já Sinop teve 74. Cidades como Várzea Grande, Rondonópolis e Sorriso tiveram 45, 38 e 36, respectivamente. 

Deste total, 713 são homens e 163 mulheres. O primeiro lugar foi ocupado por Tocantins, que teve a taxa de 32,15 por 100 mil habitantes. 

Em comparação com 2022 houve um aumento de 25,50%. No ano anterior houve 698 óbitos no estado mato-grossense. 

Para o comandante do Batalhão de Trânsito (BPTran), tenente coronel Adão César Rodrigues, a maior parte dos acidentes é ocasionada por consumo de álcool, excesso de velocidade e ultrapassagem em local indevido. 

"Os acidentes de trânsito estão em sua maioria relacionado as ações do motorista. Esse condutor sabe o que deve e o que não deve ser feito, ações como dirigir falando ou manuseando o celular, excesso de velocidade, ultrapassagem em local proibido, consumo de álcool e direção são fatores diretamente relacionados a ocorrência de acidentes de trânsito com ou sem vítimas", disse o comandante. 

Ressaltou ainda a fiscalização constante das vias, mas que é necessário a consciência dos condutores. 

"A importância da fiscalização está na mudança de atitudes através da aplicação do esforço legal na punibilidade dos maus condutores. A presença da fiscalização atua como certo de controle de ações e condutas não permitidas no trânsito", pontuou.

Fonte: Olhar Direto

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}