Quarta-Feira, 01 de Dezembro de 2021

Notícias

Domingo, 24 de Janeiro de 2021 15:32

EM POCONÉ

Enteado mata o padrasto com facada no coração

O comparsa do assassino conseguiu fugir da abordagem

Homem identificado como Tomaz Vicente Deniz, 64, foi morto na madrugada de domingo (24), com uma facada na altura do coração, desferida pelo enteado, rapaz de 24 anos, que foi preso em flagrante na rodovia Transpantaneira, em Poconé. A motivação do crime não foi informada pela Polícia Militar. O comparsa do assassino conseguiu fugir da abordagem.

De acordo com as informações repassadas ao GD, por volta da 1h40, PM foi acionada para atender uma ocorrência via 190, relatando que uma pessoa estava caída no solo, ferida de arma branca. Quando chegaram, já encontraram a equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) fazendo os primeiros trabalhos.

Mas, Tomaz não resistiu ao ferimento e acabou morrendo ainda no local. Ele estava com uma perfuração no tórax, na altura do coração. Segundo a esposa da vítima, eles estavam dormindo quando o filho dela chegou na casa e chamou o padrasto na porta. Quando ele abriu, foi surpreendido pela facada. O suspeito estava na companhia de um comparsa e juntos fugiram em uma motocicleta.

Polícia fez buscas pela cidade e encontraram os dois na Transpantaneira, onde durante a abordagem, um dos suspeitos acabou fugindo. Mas, o enteado da vítima foi detido, confessou o crime e acabou sendo levado para a delegacia, junto com a moto usada para fugir da cena do crime. A faca usada para matar Tomaz não foi achada.

Ele confessou espontaneamente que foi o autor da facada, mas não informou o motivo. O caso foi registrado como homicídio doloso e registrado pela Polícia Civil, que busca agora pelo comparsa, identificado como ‘Jucão’.

Texto: Yuri Ramires/Gazeta Digital (GD)

Fonte: Portal Sorriso

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}