Terça-Feira, 27 de Fevereiro de 2024

Notícias

Sexta-Feira, 15 de Setembro de 2023 13:59

Empresa de prefeito de Lucas paga R$ 8,8 milhões de compensação ambiental; O processo faz parte do licenciamento da produção de etanol em Sorriso

O Mirante de Chapada dos Guimarães, que faz parte da "Unidade de Conservação Monumento Natural Centro Geodésico da América Latina", vai receber R$ 8,8 milhões de uma compensação paga pela FS Agrisolutions Indústria de Combustível Ltda.

A compensação ambiental foi firmada entre a empresa e a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) com a publicação do acordo nesta quinta-feira (14).

A empresa tem entre seus sócios o prefeito de Lucas do Rio Verde, Miguel Vaz (União Brasil), e também a Tapajós Participações S/A, da qual o ex-prefeito Marino José Franz (PL) é sócio diretamente.

O Termo de Compromisso de Compensação Ambiental (TCCA) faz parte do processo de licenciamento da FS Agrisolutions pela instação da indústria de esmagamento de milho para produção de etanol em Sorriso.

A compensação foi autorizada pela secretária Mauren Lazzaretti e a FS, representada pelo engenheiro Fabrício Hideo Dias Dói.

O dinheiro do acordo deve ser destinado à "elaboração e execução de projeto de ordenamento de uso
público" da unidade de conservação que inclui o ponto de contemplação do mirante. O total da área de preservação, criada em 2020, é de 43,6 hectares, às margens da BR-251.

Fonte: MídiaJur

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}