Quarta-Feira, 29 de Maio de 2024

Notícias

Quinta-Feira, 28 de Setembro de 2023 09:59

"É preciso ter persistência e comprometimento", afirma produtora rural durante Dia de Campo no Assentamento Jonas Pinheiro

Dia de Campo na Unidade Demonstrativa Sítio Via Láctea, no Assentamento Jonas Pinheiro

 

 

“Para agregar valor ao produto é preciso ter persistência, coragem e comprometimento com a atividade leiteira”. A observação é da produtora rural Rita de Cássia Pinto Hachiya e foi feita, nesta manhã (27), durante o Dia de Campo na Unidade Demonstrativa Sítio Via Láctea, no Assentamento Jonas Pinheiro, em Sorriso.

 

 

Com apoio da Administração Municipal, por meio da Secretaria de Agricultura Familiar e Segurança Alimentar (Semasa), Rita de Cássia recepcionou cerca de 180 pessoas, entre profissionais da área, estudantes e outros pequenos produtores rurais, para apresentar os caminhos que lhe renderam o título de primeira produtora de queijo do estado a receber o Selo Arte.

 

 

“Sou responsável por quase todo o processo que começa com o manejo dos animais, ordenha das vacas, fabricação dos queijos e termina com a entrega do produto nos estabelecimentos comerciais”, disse ela ao ressaltar o apoio recebido pela equipe técnica da Semasa.

 

 

“Aos finais de semana conto com ajuda do meu esposo. No restante do tempo somos eu e os profissionais da Prefeitura que prestam assistência na propriedade. Foi graças a essa parceria que obtivemos a certificação do Serviço de Inspeção Municipal (SIM), do Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial e Familiar de Pequeno Porte (Susaf) e agora, por último, o do Selo Arte”, complementa.

 

 

Para o secretário de Agricultura Familiar e Segurança Alimentar, Marlon Zanella, a trajetória seguida pela sitiante se tornou um case de sucesso que já inspira outros pequenos produtores rurais do Município, o que pode ser comprovado pelo aumento da procura pelos serviços disponibilizado pela pasta.

 

 

“Ao longo dos anos a Rita de Cássia sempre demonstrou muita competência naquilo que faz. Esse esforço somado ao trabalho de nossas equipes de campo tornaram o Sítio Via Láctea em uma das maiores referências de Mato Grosso. Para termos noção da magnitude disso, os queijos artesanais produzidos aqui possuem o mesmo padrão de qualidade de queijos tradicionais a exemplo daqueles produzidos na Serra da Canastra, em Minas Gerais”, avalia.

 

 

Para aprofundar o debate em torno do tema, a médica veterinária Marianna Pinto Sartori, explica que o Dia de Campo foi dividido em três etapas distintas.

 

 

A primeira delas abordou os assuntos relacionados ao manejo – pastagem e alimentação dos animais, assim como as boas práticas durante a ordenha das vacas. Em seguida, os visitantes conheceram os requisitos para obtenção dos selos de controle e de qualidade.

 

 

“Foram horas de muito aprendizado e de troca de experiência. Um esforço conjunto o qual certamente trará bons resultados para esse setor tão importante para nossa economia”, exemplifica a veterinária que também responde pela parte técnica da queijaria.

 

 

“Quando decidimos implementar a Secretaria de Agricultura Familiar e Segurança Alimentar era em busca desses resultados que a Administração Municipal estava. Fazendo uma rápida análise a gente constata que os programas voltados para a cadeia produtiva do mel, hortifruticultura, avicultura, psicultura, entre tantos outros desenvolvidos pela pasta, mudaram a cara da agricultura familiar. Tratar o pequeno com a mesma atenção e carinho com que tratamos o grande produtor, essa é uma das principais característica da nossa gestão”, assinala o prefeito Ari Lafin.

 

 

Também prestigiaram o evento, o vice-prefeito Gerson Bicego, o secretário-adjunto da Semasa Enivaldo Golmini e os vereadores Celso Kozac e Zé da Pantanal.

 

 

 

 

Fonte: Assessoria

FOTOS DA NOTÍCIA Clique na foto para abrir

NOTÍCIAS

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}