As ideias das pessoas são pedaços da sua felicidade. William Shakespeare
Geral |
Vencedor da Mega Sena, prefeito em MT tem dívidas de R$ 1 milhão
28 de Abril, 2017
Esta matéria tem:

Um dos vencedores do último sorteio da Mega-Sena, o prefeito de São Pedro de Cipa, Alexandre Russi (PR), vai utilizar parte dos R$ 5 milhões que recebeu para pagar dívidas: ele é sócio de empresas que acumulam débitos de quase R$ 1 milhão.

O prefeito, de 36 anos, não foi o único vencedor: ele participou de um bolão, ao lado de outras 19 pessoas. Cada um pagou R$ 99,22, e o prêmio de R$ 101,5 milhões foi dividido igualmente entre eles.

No Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), consta uma dívida de R$ 698 mil no nome de Alexandre. O prefeito explica, contudo, que o valor é referente a empresas em que ele é sócio, e que seria hoje de R$ 900 mil.

Alexandre relata que era empresário antes de entrar na política e que, por isso, é sócio de uma empresa de ônibus e de três postos de gasolina.

— Empresas que me deviam entraram em recuperação judicial. Isso acabou virando uma bola de neve. A dívida das minhas empresas já chegam a R$ 900 mil, mas não é só minha — justificou o prefeito, que disse que também tem pendências da eleição.

O patrimônio de Alexandre aumentou quase 200% em quatro anos, de acordo com declarações de bens apresentadas à Justiça Eleitoral: em 2012, ele afirmou ter R$131.885,62; já em 2016, disse ter R$392.237,09. O bem mais valioso é um trator, avaliado em R$ 190 mil.

Em sua campanha à reeleição, no ano passado, o prefeito gastou R$ 26 mil, sendo R$ 23 mil de recursos próprios (88% do total).

Dona da lotéria é amiga do prefeito

De acordo com Alexandre, os R$ 5 milhões que ele recebeu são equivalentes a cinco meses de arrecadação de São Pedro de Cipa. A cidade, de 5 mil habitantes, fica a 140 quilômetros de Cuiabá, capital do Mato Grosso.

O prefeito, no entanto, não fez o jogo na lotérica de sua cidade. O bolão foi feito em uma lotérica da cidade vizinha, Jaciara, que fica a cinco quilômetros.

— A dona da lotérica é minha amiga e ofereceu o bolão ao meu irmão, que resolveu não participar. Ela me passou e eu aceitei. Foi ela também que me avisou sobre o resultado — relatou, acrescentando que não costuma apostar no sorteio.

Mirian Mattione, dona da lotérica 13 Pontos desde maio de 2015, contou que, além do irmão do prefeito, outras pessoas também negaram a oferta.

— Agora muita gente que não quis gostaria de ter comprado, muitos clientes estão vindo aqui hoje. Querer e não pagar, não leva. A nossa expectativa é que o raio caia duas vezes no mesmo lugar — brincou.

O prêmio já começou a render tradicionais brincadeiras. "Me empresta um dinheiro para eu trocar o táxi", brincou uma pessoa no perfil de Alexandre no Facebook. "Preciso só de 1.000 reais", garantiu outra.

 

Fonte:folha max
+ FOTOS DESTA NOTICIA
  COMENTARIOS
  Deixe seu comentario nesta noticia:
CAPTCHA code
PATROCINADORESCLICNOTICIAS