As ideias das pessoas são pedaços da sua felicidade. William Shakespeare
Esportes-em-geral | Prato Cheio
JUBs gastará 600 mil para fornecer 38 mil refeições
04 de Novembro, 2016
Esta matéria tem:

 

 

 

O setor de alimentos da capital mato-grossense será beneficiado com o evento esportivo

 

A 64ª edição dos Jogos Universitários Brasileiros (Jubs) gastará cerca de 600 mil reais para alimentar aproximadamente 5 mil participantes, entre atletas, árbitros, técnicos e membros da organização, durante dez dias de competições. Serão produzidos cerca de 38 mil refeições e parte desses alimentos comprados da rede de produtores e de mercados de Cuiabá. O que será capaz de gerar renda extra e empregos temporários.

 

A nutricionista e coordenadora do setor de alimentos da Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU), Joelma Marinho, com uma equipe de cinco pessoas, entre nutricionistas e assistentes, servirá cerca de duas mil refeições por dia na fase de competições das modalidades individuais, de 02 até 06 de novembro, e outras quatro mil refeições por dia durante a fase de disputas das modalidades esportivas coletivas, de 07 até 13 de novembro.

 

“As refeições passam por controle nutricional e de qualidade para prevenir contaminações. E sempre com foco nas necessidades de quem vai competir. Então elaboramos um cardápio que disponibilize pelo menos três tipos de carboidratos, como arroz, feijão e macarrão, a fim de proporcionar a energia rápida necessária. Além disso, tiramos a gordura para evitar problemas gastrointestinais e incluímos carne para auxiliar na regeneração dos músculos”, diz Joelma.

 

O campeão brasileiro de natação (2006), no estilo borboleta, Hudson Rodrigues, de 23 anos, da capital amazonense, Manaus, um atleta de 65kg e 1,70m de altura, participa pela terceira vez do JUBs. Segundo ele, no ano de 2013, conseguiu a quinta posição na categoria borboleta do Jubs. No ano seguinte, em 2014, conquistou um desempenho ainda melhor e ficou com a quarta colocação. Depois disso, em 2015, não participou e retorna ao Jubs com fome de pódio.

 

“Na véspera das disputas vou tentar descansar, comer coisas leves e em menor quantidade. Evitar comidas que não conheço para não sofrer com desconfortos e consumir alimentos que forneçam a energia necessária para sustentar o esforço físico. A alimentação deve proporcionar as condições necessárias para que se alcance a performance máxima. O foco da natação é a coordenação entre velocidade, impulsão e rotação”, disse Hudson.

 

De acordo com o presidente da Federação Mato-grossense de Esporte Universitário (FMEU), Alexandre Bregunci, toda alimentação fornecida pela competição passa por processo rigoroso de avaliação com o intuito de melhor atender a demanda dos participantes. Segundo ele, além do cuidado com a alimentação, esse é um evento que movimentará a economia de Cuiabá em diversos setores, da hospedagem, do comércio de materiais esportivos até a de alimentos.

 

Os Jogos Universitários Brasileiros são realizados pela Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU) e pela Federação Mato-grossense de Esportes Universitários (FMEU), em parceria com o Governo Federal, Governo de Mato Grosso e apoio da Prefeitura de Cuiabá.

 

Texto: Lous Rondon

Foto: Nivaldo Sérgio Alves

 

 

--

www.clippingcom.com

(65)9611-8288

 

 

Fonte:www.clippingcom.com
+ FOTOS DESTA NOTICIA
  COMENTARIOS
  Deixe seu comentario nesta noticia:
CAPTCHA code
PATROCINADORESCLICNOTICIAS